Quando o outro não vale a pena, mas o que ele nos ensina, sim!

Depois de repetidas vezes em que quebrei a cara com gente que não vale a pena, aprendi a selecionar direitinho meus amigos, além de ter aprendido a não ficar enaltecendo, enobrecendo e honrado qualquer ser senciente que me aparece pelo caminho (já não era sem tempo de isso acontecer)!

Não faço como uma garota daqui da capital estadual, que acha que os amigos que ela vê pouco são menos valiosos do que os que ela vê muito, mente para os outros e os coloca para baixo e ainda fala mal dos amigos dos outros e dos trabalhos dos mesmos para estes!

Essa garota (que é artista visual e escritora) também tem crise de estrelismo, mania de grandeza e sentimentos persecutórios, sendo que não é conhecida fora da Grande Vitória, não é influente e relevante com o que faz e não é da mídia!

Detalhe que ela mesma veio me “stalkear” repetidas vezes para me descer a lenha, me meter o sarrafo e me destilar o veneno e ainda veio me dizer que o “stalker” era eu próprio!

Mas tudo bem, já aprendi: para elogiar e homenagear alguém em público, devo pedir autorização previamente!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s