Você escreve bem demais da conta, meus parabéns em grande estilo!

Universo Do Poeta

Sociedade Enferma 

O ser que não aceita as diferenças alheias,
Caminha numa estrada e imoral.
O ódio vem da incompreensão, fruto maduro do preconceito,
O preconceito é herança da maldade humana,
Que tem raízes profundas e negativas,
No pequenez de uma mente ignorante.

Subdesenvolvidas e cruas, estas mentes lentas,
Não acompanham a evolução e o tempo,
Decrescem cada vez mais no respeito,
E assim, profanam todo rancor,
Através de palavras torpes,
Ações antiéticas,
Derivados de raciocínios primatas e imbecis.

Mancham a sociedade,
Contaminam muitos outros,
Que possuem a estrutura enfraquecida,
Abalados pela própria sociedade doente que os rodeia.

Júnio Liberato Luz

Este poema é uma crítica declamada aos nossos dias atuais em relação à falta demasiada do respeito. São tantas formas de ferir o outro, tantos meios de destruir a autoestima de alguém,  realmente vivemos numa era pré-histórica quando o assunto é tolerar, aceitar e sobretudo respeitar as diferenças alheias…

View original post 197 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s